Secretaria Municipal de Saúde de Natal realizou mais de 1.300 testes rápidos de HIV no Dezembro Vermelho

Secretaria Municipal de Saúde de Natal realizou mais de 1.300 testes rápidos de HIV no Dezembro Vermelho
População usufruiu dos serviços de saúde. Foto: SMS Natal

O último mês do ano passado se iniciou com o Dia Mundial Contra a Aids. O 1º de dezembro serve para reforçar a solidariedade, a tolerância e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV. Assim como a data específica, durante todo o mês aconteceu o Dezembro Vermelho, em que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desenvolveu diversas ações, com destaque para a realização de pelo menos 1.351 aplicações de testes rápidos para a identificação da doença.

O Dezembro Vermelho tem como objetivo chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, promoção e proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV/Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico, conhecida também por “Síndrome da Imunodeficiência Adquirida”, causada pelo HIV. Este vírus ataca as células de defesa do corpo humano, deixando o organismo mais vulnerável para doenças e infecções.

Sabendo da importância da detecção e tratamento, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu durante todo mês de dezembro diversas ações referentes ao tema. Dentre os serviços oferecidos constaram testes rápidos de HIV e sífilis, testes de hepatite B e C, vacinas, palestras, atividades lúdicas, distribuição de preservativos, distribuição de material educativo, orientações sobre infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), dentre outras atividades em todas as regiões de Natal.

Somente no Distrito Sanitário Norte I (que abrange as unidades de saúde da Redinha, Parque das Dunas, Vista verde, Pajuçara, Pompéia, Cidade Praia, Lagoa Azul, Parque da Floresta e José Sarney) mais de 229 atendimentos foram realizados, entre testes rápidos e consultas médicas em dezembro durante as ações. No Distrito Sanitário Norte II (Santa Catarina, Bela Vista, Planície das Mangueiras, Igapó, Panatis, Vale Dourado, Potengi, Santarém, Parque dos Coqueiros, Soledade I e Soledade II), 276 testes foram efetuados. Atingindo mais de 500 testes rápidos somente na zona Norte de Natal.

O Distrito Sanitário Leste priorizou a abordagem por meio de palestras, esclarecendo dúvidas sobre HIV/Aids e ISTs em geral junto com os usuários. Temas como forma de contágio, sintomas e tratamento fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) foram tratados durante as atividades. Distribuição de preservativos e testes rápidos também não faltaram. Contando com os testes de apenas sete das nove unidades de saúde que compõem o Distrito Sanitário Leste, 312 testes rápidos foram realizados.

Já de acordo com os dados levantados até o momento pelo Distrito Sanitário Oeste, pelo menos 238 testes rápidos foram realizados em dezembro de 2019. O Distrito Sanitário Sul também não ficou de fora das ações do Dezembro Vermelho, acrescentando também testes de glicemia e de pressão arterial em seus eventos.

A palestra sobre as IST’s realizada na Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) mereceu destaque pois teve alto nível de aceitação e contou com mais de 50 participantes. A região do Distrito Sanitário Sul totalizou 296 testes rápidos feitos dentro da programação da campanha. Todas as pessoas que tiveram positivo como resultado dos testes rápidos foram encaminhadas para o tratamento adequado oferecido gratuitamente pela SMS por meio do SUS.

Emilly Miranda, responsável técnica pelo núcleo de IST/Aids e Hepatites Virais da SMS, alerta que “qualquer pessoa que tenha interesse de fazer o teste rápido, que queira preservativo ou esclarecimentos, a SMS tem esses serviços nas unidades básicas de saúde. Assim, basta ela procurar a unidade mais próxima e pegar as orientações necessárias e realizar o teste. Independente da campanha do Dezembro Vermelho a gente sempre está ofertando esse serviço que é muito importante”.

Fonte: SMS Natal

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: