Secretaria Municipal de Saúde de Natal realizou mais de 1.300 testes rápidos de HIV no Dezembro Vermelho

População usufruiu dos serviços de saúde. Foto: SMS Natal

O último mês do ano passado se iniciou com o Dia Mundial Contra a Aids. O 1º de dezembro serve para reforçar a solidariedade, a tolerância e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV. Assim como a data específica, durante todo o mês aconteceu o Dezembro Vermelho, em que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desenvolveu diversas ações, com destaque para a realização de pelo menos 1.351 aplicações de testes rápidos para a identificação da doença.

O Dezembro Vermelho tem como objetivo chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, promoção e proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV/Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença que ataca o sistema imunológico, conhecida também por “Síndrome da Imunodeficiência Adquirida”, causada pelo HIV. Este vírus ataca as células de defesa do corpo humano, deixando o organismo mais vulnerável para doenças e infecções.

Sabendo da importância da detecção e tratamento, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu durante todo mês de dezembro diversas ações referentes ao tema. Dentre os serviços oferecidos constaram testes rápidos de HIV e sífilis, testes de hepatite B e C, vacinas, palestras, atividades lúdicas, distribuição de preservativos, distribuição de material educativo, orientações sobre infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), dentre outras atividades em todas as regiões de Natal.

Somente no Distrito Sanitário Norte I (que abrange as unidades de saúde da Redinha, Parque das Dunas, Vista verde, Pajuçara, Pompéia, Cidade Praia, Lagoa Azul, Parque da Floresta e José Sarney) mais de 229 atendimentos foram realizados, entre testes rápidos e consultas médicas em dezembro durante as ações. No Distrito Sanitário Norte II (Santa Catarina, Bela Vista, Planície das Mangueiras, Igapó, Panatis, Vale Dourado, Potengi, Santarém, Parque dos Coqueiros, Soledade I e Soledade II), 276 testes foram efetuados. Atingindo mais de 500 testes rápidos somente na zona Norte de Natal.

O Distrito Sanitário Leste priorizou a abordagem por meio de palestras, esclarecendo dúvidas sobre HIV/Aids e ISTs em geral junto com os usuários. Temas como forma de contágio, sintomas e tratamento fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) foram tratados durante as atividades. Distribuição de preservativos e testes rápidos também não faltaram. Contando com os testes de apenas sete das nove unidades de saúde que compõem o Distrito Sanitário Leste, 312 testes rápidos foram realizados.

Já de acordo com os dados levantados até o momento pelo Distrito Sanitário Oeste, pelo menos 238 testes rápidos foram realizados em dezembro de 2019. O Distrito Sanitário Sul também não ficou de fora das ações do Dezembro Vermelho, acrescentando também testes de glicemia e de pressão arterial em seus eventos.

A palestra sobre as IST’s realizada na Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) mereceu destaque pois teve alto nível de aceitação e contou com mais de 50 participantes. A região do Distrito Sanitário Sul totalizou 296 testes rápidos feitos dentro da programação da campanha. Todas as pessoas que tiveram positivo como resultado dos testes rápidos foram encaminhadas para o tratamento adequado oferecido gratuitamente pela SMS por meio do SUS.

Emilly Miranda, responsável técnica pelo núcleo de IST/Aids e Hepatites Virais da SMS, alerta que “qualquer pessoa que tenha interesse de fazer o teste rápido, que queira preservativo ou esclarecimentos, a SMS tem esses serviços nas unidades básicas de saúde. Assim, basta ela procurar a unidade mais próxima e pegar as orientações necessárias e realizar o teste. Independente da campanha do Dezembro Vermelho a gente sempre está ofertando esse serviço que é muito importante”.

Fonte: SMS Natal

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: