Reforma da Previdência provoca aumento do recolhimento nas bolsas dos médicos residentes

Reforma da Previdência provoca aumento do recolhimento nas bolsas dos médicos residentes
Médicos residentes em ação. Foto: O Dia

A Associação Nacional de Médicos Residentes ficou revoltada com a postura do governo federal, que vai aumentar de 11% para 14% a alíquota de recolhimento do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). O Ministério da Educação já publicou o edital e a cobrança coemçará em março nas bolsas dos médicos residentes. Em média será uma redução de R$ 99 no valor líquido da bolsa, que está sem reajuste há dois anos.

Apesar da notícia desfavorável, os médicos residentes não pensam em fazer greve, porque entendem que a população seria a maior prejudicada. A decisão dos médicos será a de buscar o diálogo com o governo federal, que, com a Reforma da Previdência, vai promover a diminuição salarial em quase todas as categorias, com exceção dos militares. Apesar de não buscar a greve pelo aumento do recolhimento do INSS, há um movimento dos médicos residentes independentes que vão paralisar as atividades.

Elias Luz – Redação do Programa Meu Doutor

Pedro Neto Acessórios
Richplan-Consultoria em Gestão e Treinamentos
Auto Escola Prudente
Clínica da Família
Sindicato dos Médicos do RN
Oftalmoclínica de Natal
Restaurante Charque Potiguar

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: