Metade dos respiradores enviados por Mandetta ao Amazonas não funcionava

Não bastasse a dificuldade em encontrar insumos e equipamentos no mercado, o Amazonas foi prejudicado pelo próprio Ministério da Saúde na luta contra o coronavírus (covid-19). É que o então ministro Luiz Mandetta enviou respiradores incompletos para o estado. De uma remessa de 20 aparelhos, a metade deles faltava peças.

De acordo com a revista Veja, os respiradores não tinham dois acessórios essenciais: traqueia e cabo de força.

Além disso, os demais dez respiradores não servem para leitos de UTI. São para uso em transporte de pacientes.

Conforme a revista, esse prejuízo ao Amazonas consta em dossiê elaborado pela Casa Civil da Presidência da República. E foi usado para desgastar Mandetta.

Leia Mais: https://bncamazonas.com.br/ta_na_midia/metade-respiradores-mandetta-amazonas/

Deixe um comentário