Morte sem velório

Morte sem velório

O último instante, a hora da despedida, quando todos prestam homenagens, o coronavírus até isso nos tira. A proibição de velório, restrições, caixão lacrado, a falta da missa, do choro compartilhado, dos abraços, falas, reencontros, um vazio do medo incerto dos efeitos do vírus que nos aprisionou.

No enterro do grande jornalista Emery Costa em Mossoró, na entrada do cemitério São Sebastião, as buzinas de aplausos. Triste e emocionante. O coração aperta.

Leia Mais:http://gustavonegreiros.com.br/2020/05/01/morte-sem-velorio/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: