Teresina é o maior polo de saúde de alta complexidade do país, diz IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou recentemente a pesquisa de Região de Influência das Cidades (Regic), que define a hierarquia dos centros urbanos brasileiros e delimita as regiões de influência a eles associados. Os dados deste último estudo divulgado foram coletados ao longo do semestre de 2018 e investigou, entre outros aspectos, o deslocamento dos usuários da rede pública e privada de saúde, que saem de seus municípios com destino a outros para acesso à serviços de saúde de baixa, média e alta complexidade.

Neste último levantamento, um dado chamou a atenção em relação à capital piauiense: Teresina é a capital do país que mais recebe pacientes de outros municípios para atendimentos de alta complexidade. De acordo com os dados, a cidade atende a moradores vindos de pelo menos 300 municípios.

Comparando-se a outras capitais, Teresina está à frente de grandes centros urbanos como Belo Horizonte-MG, que recebe pacientes de outros 262 municípios, e de Salvador, que recebe paciente vindos de 243 cidades. A capital do Brasil com menos atendimentos a pacientes de outras localidades é Boa Vista-RR, que recebe moradores de apenas 14 municípios.

Leia Mais:https://portalnoticiei.com.br/2020/04/16/teresina-e-o-maior-polo-de-saude-de-alta-complexidade-do-pais-diz-ibge/

Deixe um comentário