Pandemia cancela 7 em cada 10 cirurgias de câncer; mortes podem crescer 20%

O agente de viagens Cássio De Paula Gouveia, 50, começou a sentir dores no corpo e procurou ajuda médica em novembro do ano passado. O diagnóstico de câncer de próstata saiu apenas em fevereiro, quando a pandemia chegava ao Brasil. De repente, os exames foram adiados e a cirurgia não veio. A doença não esperou. Ela chegou a meados de maio já em metástase óssea, atingindo pernas e região cervical.

A história de Cássio não é exceção. Apenas em abril, 50 mil brasileiros não tiveram acesso a diagnóstico e tratamento para o câncer. Ficaram sem radioterapia, quimioterapia e sem a possibilidade de operar: de acordo com a SBCO (Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica), a pandemia de covid-19 cancelou 70% das cirurgias de câncer no Brasil entre 11 de março e 11 de maio, o equivalente a 116 mil procedimentos.

Leia Mais:https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/05/24/pandemia-cancela-70-das-cirurgias-de-cancer-no-brasil-com-muitos-mortos.htm

Deixe um comentário