PEQUENO MACAENSE LUTA CONTRA LEUCEMIA E FAMÍLIA PEDE AJUDA POR DOADORES

PEQUENO MACAENSE LUTA CONTRA LEUCEMIA E FAMÍLIA PEDE AJUDA POR DOADORES

Lucas, de apenas 6 anos, já está enfrentando uma batalha árdua e incansável, que é encontrar um doador compatível. Ele foi diagnosticado com um raro câncer (LMMJ), onde o único tratamento definitivo é o transplante de medula óssea. Seus pais, Davidson e Vanessa Naves, estão na corrida contra o tempo em busca de um doador. Lucas está internado no Rio de Janeiro e seu quadro, apesar de grave, é estável. Ele iniciou a quimioterapia, tratamento que é apenas paliativo para este tipo de leucemia. Amigos e familiares de Macaé estão tentando o maior número de pessoas que possam fazer o exame para verificar a compatibilidade, uma ação que está sendo dificultada devido a quarentena. No estado do Rio, a coleta das amostras de sangue é feita no Instituto Nacional do Câncer (Inca) e no Hospital Pedro Ernesto, ambos na capital. Para se tornar um doador de medula óssea é necessário ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde, não ter doença infecciosa ou incapacitante, não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico. Algumas complicações de saúde não são impeditivas para doação, sendo analisado caso a A família criou um perfil no Instagram para maiores informações.

https://instagram.com/lucascontraleucemia

Fonte: Facebook/NotíciasMacaé

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: