Natal registra queda de arrecadação de ISS durante a pandemia

Natal registra queda de arrecadação de ISS durante a pandemia

Redução teve média mensal de 22% em abril, maio e junho, em comparação ao mesmo período de 2019. Pequenos negócios são os mais impactados com crise, segundo Semut

Por G1 RN — Natal

Natal vê queda acentuada em arrecadação de ISS durante a pandemia — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

Natal vê queda acentuada em arrecadação de ISS durante a pandemia — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Tributação (Semut) apontam que Natal sofreu forte queda de arrecadação de receita de Imposto Sobre Serviços (ISS) nos últimos três meses. Comparado com o mesmo período de 2019, é notado o reflexo da pandemia da Covid-19 na economia local.

A Semut lembra que os meses de janeiro, fevereiro e março deste ano apontavam crescimento na arrecadação do imposto, o que não teve sequência após o início da pandemia, que provocou a suspensão da maioria das atividades comerciais.

Em abril, a queda na arrecadação de ISS foi de 19,13%; em maio, 23,82%; e, em junho, chegou a 23,75%.

“A curva do gráfico do ISS não deixa dúvidas em relação à influência da pandemia na economia local. A comparação dos números de 2019 com os atuais aponta a descendente da arrecadação desse imposto a partir de abril, repetindo-se os resultados ruins nos meses subsequentes”, reforça o secretário municipal de Tributação, Ludenílson Lopes.

Pequenos negócios emitem menos notas fiscais

O ISS é um termômetro importante na medida da movimentação econômica, pois taxa os valores cobrados na execução de serviços. Os números analisados pela Semut também apontam que os pequenos negócios têm sido mais impactados pela crise provocada pelo novo coronavírus. De acordo com o órgão, isto fica evidente quando observadas as emissões de notas fiscais.

“Está muito claro que os pequenos negócios estão sendo mais impactados. O número de notas caiu, porque o volume maior de emissões refere-se a valores pequenos. A quantidade geral, em termos financeiros, não diminuiu porque as emissões de notas com valores maiores cresceu. Isso indica que o pequeno negócio diminuiu sua movimentação”, explica Ludenílson.

FONTE: G1RN

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: