Professor Joca: “O tempo dirá quem tem razão”

Professor Joca: “O tempo dirá quem tem razão”

Seria bom, nesse momento, que tivéssemos estudos robustos embasando o tratamento precoce, mas não temos.
Seria interessante que já tivéssemos uma droga testada e aprovada pela OMS, mas não temos.
Seria interessante que já tivéssemos RT-PCR para todos, testes rápidos absolutamente confiáveis, mas não temos.
Seria interessante que que tivéssemos uma rede de UTI que numericamente e qualitativamente nos desse uma boa resposta, mas não temos.
Seria interessante que já tivéssemos um programa eficiente de vacinação em massa, mas não temos.
Seria interessante que os médicos não se dividessem em pró tratamento precoce e contra, mas temos essa divisão.
Seria interessante que um grupo pudesse respeitar aqueles que acreditam no tratamento precoce e que respeitassem aqueles que não acreditam.
Seria interessante que os médicos não se degladiassem por conta de um tratamento que, infelizmente, está contaminado por um viés político e pelas circunstâncias da pandemia ainda sem evidências de estudos robustos, mas não temos tais estudos.
O tempo dirá quem tem razão.
Com certeza estudos robustos irão surgir.
A queda da doença na nossa população, nesse momento, é visível.
Será que é um fenômeno natural ou será pelo uso do tratamento precoce?
Ou ainda pelo uso galopante da ivermectina?
Viajo todos os dias para o interior e vejo que muita gente tem usado sem orientação médica a Ivermectina.
Fico na dúvida se isso é positivo, pois na maioria das vezes, não há orientação médica.
Só quero chamar atenção de dois fatos: a doença está diminuindo, os indicadores epidemiológicos mostram.
A outra situação é a expectativa de interiorização da doença: será que com tanta gente usando Ivermectina no interior do nosso estado ocorrerá? Em breve teremos respostas…
Sou a favor do tratamento precoce, simples assim! Não preciso agredir ninguém. Vamos Salvar Vidas! Essa é a nossa missão! Não vamos nos agredir enquanto médicos. Respeitemos o contraditório e principalmente, a Medicina! Quer seja ela baseada em evidências, quer seja ela observacional.
João Maria de Lucena Marinho/ Prof Joca – CRM 2122.

FONTE: BLOGDOPRIMO

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: