Coronavírus leva em média 30 dias para desaparecer do corpo, mostra estudo italiano

Coronavírus leva em média 30 dias para desaparecer do corpo, mostra estudo italiano

Pesquisadores também alertam que ainda não se sabe o quão infeccioso o paciente pode ser durante a fase de recuperação.

Freira é submetida a um exame de temperatura corporal no Vaticano. — Foto: Vincenzo Pinto/AFP

Um estudo italiano publicado no “British Medical Journal” nesta quinta-feira (3) sugere que pacientes da Covid-19 realizem novos testes do tipo RT-PCR quatro semanas ou mais após o primeiro resultado positivo, ou 36 dias após os primeiros sintomas, já que o vírus pode levar em média 30 dias para desaparecer do corpo.

O objetivo dos testes semanas após o primeiro resultado positivo é minimizar o risco de que pacientes que ainda tenham vírus no corpo, mas que sejam considerados recuperados ou que não tenham sintomas, infectem outras pessoas.

Os cientistas acompanharam o progresso de 4.538 pacientes da Covid-19 na região de Emilia-Romagna, na Itália, todos com teste positivo entre 26 de fevereiro e 22 de abril, período de pico da pandemia no país europeu.

Cada paciente sobrevivente – 428 pessoas do grupo morreram – foi retestado três vezes durante o estudo: 15 dias após o primeiro teste RT-PCR positivo; 14 dias após o segundo resultado positivo; e 9 dias após o terceiro positivo.

Diante dos resultados, a pesquisa alerta que a ciência ainda não sabe o quão infeccioso o paciente de coronavírus pode ser durante a fase de recuperação.

Falso negativo

Ao testar os pacientes diversas vezes durante a fase de recuperação, os cientistas observaram que a taxa de testes com resultados falsos negativos é relativamente alta no início infecção da Covid-19, ocorrendo em um falso negativo a cada cinco testes.

Fonte: G1.

Pedro Neto Acessórios
Richplan-Consultoria em Gestão e Treinamentos
Oftalmoclínica de Natal
Auto Escola Prudente
Restaurante Charque Potiguar
Clínica da Família
Sindicato dos Médicos do RN

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: