Desde o início da pandemia, 244 médicos brasileiros morreram de Covid-19, aponta sindicato

Desde o início da pandemia, 244 médicos brasileiros morreram de Covid-19, aponta sindicato

A maioria dos médicos mortos pelo coronavírus é de homens. Nos meses de abril e maio houve mais óbitos desses profissionais da saúde, segundo Sindicato dos Médicos de SP.

Médicos atendem paciente com Covid-19, em foto de 14 de maio. — Foto: AP Photo/Joebeth Terriquez

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 244 médicos brasileiros morreram em decorrência da Covid-19, aponta o Sindicato dos Médicos de São Paulo. O primeiro óbito aconteceu no dia 22 de março, e o último, em 2 de setembro.

Entre as vítimas, a grande maioria (88%) é de homens. Além disso, 45% delas tinha mais de 60 anos. O estado com mais mortos é São Paulo (51), seguido do Rio de Janeiro (40).

Nos meses de abril e maio, o número de óbitos foi maior. Veja a distribuição no gráfico abaixo:

Fonte: Sindicato dos Médicos de São Paulo

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e o Conselho Internacional de Enfermeiros (ICN, sigla em inglês) divulgaram no final de maio um outro levantamento segundo qual o Brasil é o país com mais mortes de enfermeiros devido à pandemia.

O número geral de mortes no país é de 126,7 mil até esta segunda-feira (7), de acordo com o consórcio de veículos de imprensa.

Fonte: G1.
Oftalmoclínica de Natal
Pedro Neto Acessórios
Restaurante Charque Potiguar
Sindicato dos Médicos do RN
Clínica da Família
Auto Escola Prudente
Richplan-Consultoria em Gestão e Treinamentos

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: