Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura

Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura
Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura. — Foto: 8photo/Freepik
Médicos de cooperativa suspendem atendimento na rede pública de Natal por atraso de pagamento da prefeitura. — Foto: 8photo/Freepik

Médicos que fazem parte da Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte suspenderam o atendimento SUS em vários hospitais de Natal. Eles alegam atraso no repasse feito pela prefeitura.

Os procedimentos de alta e média complexidade – incluindo as cirurgias eletivas – estão suspensos desde o último dia 5.

Em comunicado destinado aos médicos de alta e média complexidade, a Coopmed-RN informou que “não recebeu nenhum repasse referente ao SUS que encontra-se em atraso” e que, “sendo assim, manteremos a paralisação até que tenhamos alguma sinalização do pagamento”.

A dívida com 200 médicos é referente a três meses de atraso e chegaria a R$ 3,5 milhões, segundo a Coopmed.

Em Natal, há convênio vigente com hospitais da Liga Contra o Câncer, Rio Grande, Memorial, Paulo Gurgel, Hospital do Coração e Varela Santiago.

No Hospital Rio Grande, por exemplo, houve redução de 75% nas cirurgias cardíacas, oncológicas e ortopédicas.

g1 tentou contato com a prefeitura de Natal, através da Secretaria Municipal de Saúde, mas até a última atualização desta matéria não houve retorno.

Fonte: G1 RN.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: