Secretaria de Saúde do RN libera aplicação de 5ª dose da vacina contra Covid-19 em idosos a partir dos 80 anos

Secretaria de Saúde do RN libera aplicação de 5ª dose da vacina contra Covid-19 em idosos a partir dos 80 anos
Aplicação de vacina contra a Covid. — Foto: Valdinei Malaguti/EPTV/via G1 RN
Aplicação de vacina contra a Covid. — Foto: Valdinei Malaguti/EPTV/via G1 RN

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte vai distribuir ainda nesta quarta-feira (16) uma nota técnica que vai orientar os municípios do Rio Grande do Norte a começarem a aplicação da quinta dose da vacina contra a Covid-19 em idosos a partir dos 80 anos.

A informação foi divulgada pela coordenadora em Vigilância da Secretaria da Sesap, Kelly Lima. A orientação para aplicação da “D5” foi publicada pelo comitê da pasta na terça-feira (15), junto com outras medidas para evitar aumento de casos da doença, como a orientação ao retorno do uso de máscaras em locais fechados.

A orientação do comitê era para aplicação da vacina nos idosos a partir dos 60 anos. No entanto, os municípios alegam que não contam com vacinas suficientes em estoque para atender ao público.

Cidades como Natal estavam vacinando com a quinta dose apenas imunossuprimidos com mais de 18 anos – pessoas em tratamento de hemodiálise, câncer ou que convivem com HIV/Aids.

A representante da Sesap afirmou que, em reunião com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), o governo pactuou a vacinação para idosos a partir dos 80 anos, após constatar que teria estoque suficiente para atender a esse público.

De acordo com a Sesap, os municípios devem iniciar essa vacinação da D5 nesta quinta-feira (17).

“A ideia é que a gente possa fazer escalonado, de maneira decrescente e, na medida que o Ministério da Saúde disponibilizar mais doses para o estado, nós conseguiremos aumentar esse público até os 60 anos. Os municípios já têm essas doses em estoque, o estado também tem um quantitativo, e a ideia é iniciar essa vacinação de imediato e não esquecer a busca ativa daquelas pessoas que ainda não tomaram a D3 e a D4”, afirmou.

Fonte: G1 RN.

Deixe um comentário