Em coletiva, ministra da Saúde anuncia ações prioritárias e campanha de vacinação em fevereiro

Em coletiva, ministra da Saúde anuncia ações prioritárias e campanha de vacinação em fevereiro

Aministra da Saúde, Nísia Trindade, destacou, durante entrevista coletiva de imprensa nesta terça-feira (10), em Brasília (DF), as pautas prioritárias da Pasta para os cem primeiros dias de gestão. Entre essas ações, está uma campanha de vacinação, prevista para fevereiro, para a retomada dos altos índices de cobertura vacinal, incluindo a imunização contra a Covid-19.

“Nós estamos recuperando a relação plena das sociedades científicas e de todos que estabelecem as bases para imunização nesse momento. A câmara técnica assessora está reunida neste momento para que possamos, em fevereiro, dar início de forma mais efetiva a essa campanha”, disse Nísia Trindade.

“Nós já adquirimos vacinas do Instituto Butantan contra Covid-19 para uso pediátrico, estamos trabalhando também com a Pfizer com esse mesmo objetivo, garantindo que haja vacina”, completou. Na última sexta-feira (6), o Ministério da Saúde assinou um aditivo para a compra de 750 mil doses da Coronavac, para ampliação da imunização do público infantil. O lote deve ser entregue nos próximos dias e um novo aditivo deve ser assinado totalizando a aquisição de 2,6 milhões de doses do laboratório.

A ministra também falou sobre o planejamento da imunização contra a Covid-19 dentro do calendário de vacinação. “A vacina Covid vai estar no calendário regular do Programa Nacional de Imunizações, mas nós temos a grande tarefa de recuperar as altas coberturas vacinais no Brasil. Por isso, o foco em vacinas da infância é muito importante também, então também estamos falando da recuperação das altas coberturas vacinais”, ressaltou.

A ministra reforçou, ainda, a importância da retomada da boa relação com estados e municípios para o andamento dessas ações.
“Vamos debater com o Conselho Nacional de Secretários do Estado de Saúde e secretários municipais de saúde no dia 26 de janeiro para a definição conjunta desse plano. É importante lembrar que o Ministério da Saúde trabalha em uma lógica interfederativa”, disse a ministra.

Confira algumas pautas prioritárias citadas pela ministra para os cem primeiros dias de governo:

– Elaboração de um plano emergencial para redução de filas para diagnósticos e cirurgias eletivas;
– Transparência da Câmara Técnica Assessora para Imunizações (Ctai) e recuperação da conversa com a sociedade cientifica
– Campanha de vacinação para recuperar as coberturas vacinais;
– Inclusão da vacina Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação;
– Retomada do Programa Farmácia Popular e ampliação da oferta de medicamentos;
– Fortalecimento da saúde da população negra e indígena;
– Ações emergenciais para a população Yanomami;
– Seguimento e ampliação do programa Mais Médicos, priorizando os médicos brasileiros e posteriormente os médicos estrangeiros;
– Reforço do diagnóstico do câncer do colo do útero;

Marco Guimarães
Ministério da Saúde

Saúde e Vigilância Sanitária
fonte: https://www.gov.br/saude

Deixe um comentário