Liga recebe mais de R$ 16,6 milhões em emendas parlamentares e planeja expansão com unidade em Currais Novos

Liga recebe mais de R$ 16,6 milhões em emendas parlamentares e planeja expansão com unidade em Currais Novos
A Liga Contra o Câncer, maior instituição de saúde do Rio Grande do Norte e de caráter filantrópico e sem fins lucrativos, recebeu mais de R$ 16,6 milhões em recursos federais no ano de 2022. E, como contrapartida, a instituição pretende destinar o valor economizado nas despesas operacionais para realizar investimentos, sendo o principal deles, a construção de um Centro de Diagnóstico e Ensino na cidade de Currais Novos, no interior do Estado, além da construção de uma pequena planta de energia solar e a reforma de ambulatórios
A verba foi destinada para a instituição por meio de emendas parlamentares de deputados federais e senadores do Estado para compra de diversos equipamentos, como por exemplo, mesas cirúrgicas e camas hospitalares para a Policlínica, Hospital Luiz Antônio e o Centro Avançado de Oncologia (Cecan). Além disso, a verba é usada para custear pagamentos de despesas operacionais, haja vista a dificuldade de equilíbrio financeiro para quem atende 70% de SUS.
 
De acordo com o médico e coordenador executivo da Liga, Luciano Luiz da Silva Júnior, “a Liga é uma instituição de direito privado, mas é uma obra pública que atende a todos. Os recursos que a bancada federal destina se transformam em capacidade de atender mais e melhor. Todo o povo do Rio Grande do Norte sai beneficiado. Somos muito gratos a todos os parlamentares”, disse.
Reconhecida pela democratização do acesso à oncologia de ponta, a Liga é formada atualmente por seis unidades, sendo uma de apoio humanitário: o Centro Avançado de Oncologia (CECAN), Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Hospital de Oncologia do Seridó (em Caicó), o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação (IEPI) e a Casa de Apoio Irmã Gabriela (unidade de apoio humanitário).
 
Instituição privada sem fins lucrativos, a Liga realiza por ano quase 1,5 milhão de procedimentos e destina 70% do seu atendimento a pacientes do SUS, como parte da sua missão de levar a melhor assistência oncológica a todos os cidadãos, independente da forma de acesso.
fonte: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/liga-recebe-mais-de-r-16-6-milha-es-em-emendas-parlamentares-e-planeja-expansa-o-com-unidade-em-currais-novos/555799

Deixe um comentário