UFRN realiza campanha para aplicação da vacina meningocócica C

UFRN realiza campanha para aplicação da vacina meningocócica C
A Divisão de Atenção à Saúde do Servidor (DAS) da UFRN realiza, até fevereiro, a campanha para aplicação da vacina meningocócica C com objetivo de ampliar o público imunizado. A ação tem direcionamento da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap), por meio da Coordenação de Vigilância em Saúde (CVS) e da Subcoordenação de Vigilância Epidemiológica (Suvige).
A vacinação está disponível até fevereiro. — Foto: wirestock/Freepik
A vacinação está disponível até fevereiro. — Foto: wirestock/Freepik
Os atendimentos ocorrem durante a semana, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30, horário de atendimento para crianças, e das 13h30 às 17h, para pessoas com idade acima de nove anos. Podem receber a vacina crianças menores de 11 anos e que não tomaram a dose na primeira infância e trabalhadores das áreas da saúde ou da educação.
 
Segundo dados do Ministério da Saúde, a cobertura vacinal da população apresenta queda. Em 2020, o índice era de 67% de cidadãos imunizados, 6% a menos que no ano anterior, em 2019. Já em 2021, a porcentagem caiu ainda mais, alcançando os 59% da população imunizada. O percentual recomendado pelo Ministério da Saúde é de 95%.
 
“Diante do cenário da pandemia e dessas baixas taxas da cobertura vacinal, podemos ter pequenos surtos da doença meningocócica C na comunidade”, afirma Luciana Eduardo, enfermeira do DAS atuante na campanha de vacinação. Ela adiciona que a doença é mais comum em crianças, mas que adultos podem ser grandes transmissores e, por isso, a vacinação está sendo intensificada. 
 
A Meningocócica C
 
A doença é uma infecção causada por uma bactéria transmitida majoritariamente por gotículas, presentes em tosses e espirros, e pode ocasionar meningite e septicemia. A faixa etária de maior risco de adoecimento é a de crianças menores de um ano e sua gravidade pode resultar em hospitalizações, sequelas e até mesmo óbito.
 
Fonte: Tribuna do Norte.

Deixe um comentário