‘Ozempic não é cosmético’: quando remédios contra diabetes ou obesidade são realmente indicados

‘Ozempic não é cosmético’: quando remédios contra diabetes ou obesidade são realmente indicados

Nos últimos meses, uma “canetinha” com agulha na ponta virou uma febre entre as pessoas que desejam emagrecer.

Em postagens de redes sociais, celebridades e influenciadores digitais do Brasil e do mundo passaram a divulgar o Ozempic, remédio desenvolvido pela farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk.

A princípio, a semaglutida — o nome científico da molécula — foi estudada e aprovada como um tratamento contra o diabetes. Mas logo os cientistas começaram a observar um “efeito colateral” muito interessante dela: a perda de peso.

Foi assim que o Ozempic começou a ter o chamado uso off-label (fora das recomendações de bula) alardeado por algumas pessoas como uma forma de eliminar os quilos extras.

Mais recentemente, surgiram as versões do medicamento específicas para o tratamento da obesidade — elas foram aprovadas no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em janeiro e devem chegar às farmácias do país a partir do segundo semestre deste ano.

fonte: https://www.bbc.com/portuguese/articles/cn064lnzd62o

Deixe um comentário