Nordestina é diagnosticada com lesão no olho após ver eclipse solar sem proteção

Nordestina é diagnosticada com lesão no olho após ver eclipse solar sem proteção

A jovem de 22 anos assistiu ao eclipse solar anular em Natal no último sábado (14).

Potiguar sofre lesão no olho após olhar para eclipse anular solar sem proteção. — Foto: azerbaijan-stockers/Freepik (Imagem ilustrativa)
Potiguar sofre lesão no olho após olhar para eclipse anular solar sem proteção. — Foto: azerbaijan-stockers/Freepik (Imagem ilustrativa)

Uma potiguar de 22 anos sofreu uma lesão no olho após visualizar o eclipse solar anular sem proteção no último sábado (14), em Natal. A jovem procurou uma oftalmologista e relatou estar com uma mancha na vista depois de ter olhado diretamente para o sol.

O eclipse solar foi visto em diversas cidades brasileiras e Natal foi uma das cidades onde a população conseguiu observar a formação do “anel de luz” completo. No entanto, especialistas alertaram para os cuidados necessários para assistir ao fenômeno, que deveria ser visto apenas com proteção adequada. Caso contrário, a exposição poderia ocasionar danos, o que aconteceu com a potiguar.

Segundo a oftalmologista é possível recuperar a visão total ou parcialmente, mas o processo de recuperação é lento e pode demorar de 6 meses a 1 ano. Há também a possibilidade de ficar com sequelas. “É bem variável, depende do tempo de exposição, depende da recuperação de cada paciente”, informou a médica.

Fonte: Diário do Nordeste.

Deixe um comentário