Servidores da saúde paralisam suas funções em Macau e população fica sem serviço

Servidores da saúde paralisam suas funções em Macau e população fica sem serviço
Ato de paralisação teve seu auge em frente ao Hospital Antônio Ferraz
Foto: Reprodução Internet

Mais uma paralisação dos servidores municipais tomou conta das ruas de Macau. Desta vez quem protestou foi a turma do setor de saúde. A movimentação tomou contas das ruas salineiras com paradas no MPRN e na prefeitura de Macau.

Os servidores buscam receber o 13º de 2019, o mês de janeiro de 2020 e a regularização de alguns benefícios que o prefeito Túlio Lemos não cumpre na íntegra.

Os funcionários da saúde municipal de Macau buscam apoio do MPRN salineiro, já que nas gestões passadas o órgão era bastante atuante em defesa do servidor, o que não se repete agora.

E por não entender esse retrocesso de comportamento da justiça social no município, os movimentos seguem sempre com destino ao MPRN e, lá estando, o discurso dos sindicalistas vão no mesmo diapasão de se questionar o porquê de tanto silêncio.

Fonte: Cidade do Sal, com edição da Redação do Programa Meu Doutor


 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: