Médico ex-prefeito de Teresina denuncia criminosa politização da Covid-19

Médico ex-prefeito de Teresina denuncia criminosa politização da Covid-19

Se alguém ainda tinha alguma dúvida sobre a politização da pandemia e do uso da hidroxicloroquina combinada com a azitromicina na fase inicial da infecção, o médico e ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, que também já foi Secretário de Saúde do Município de Teresina e candidato a governador do Piauí, em entrevista no Jornal do Piauí, TV Cidade Verde/SBT, deixou claro que muita gente morreu por conta disso.

Segundo ele, está comprovado que a utilização da hidroxicloroquina, na fase inicial da doença, mostrou-se eficaz, mas foi questionada por muitos e desaconselhada o seu uso, por conta de criminosas injunções políticas e pela intervenção da Indústria Farmacêutica, que não tem interesse na produção e comercialização de um medicamento de baixo custo.

A hidroxicloroquina existe há mais de 70 anos e não é um medicamento específico para o tratamento da Covid-19. É utilizada para tratar o lúpus, a malária, artrite, mas revelou-se muito eficaz e salvou muitas vidas quando aplicada na fase inicial do tratamento de pessoas com covid-19 em vários países do mundo, a exemplo da Espanha, que conseguiu controlar a epidemia.

Leia Mais:https://mpiaui.com.br/cidades/teresina/medico-ex-prefeito-de-teresina-denuncia-criminosa-politizacao-da-covid-19/

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: